Plano Estratégico (duplo)

Eixos estratégicos

A intervenção é enquadrada pelos seguintes Eixos Estratégicos inter-relacionados, associados às 3 Linhas de Orientação estabelecidas para o Plano Estratégico:

A. Inovação Organizacional
no âmbito da fileira, propiciando a criação de um ambiente institucional forte no apoio ao desenvolvimento do setor, e também no seio do próprio CCPAM (ao qual competirá um papel na liderança daquele processo e do próprio sistema);

B. Investigação para a eficiência na Produção e para a inovação de produto e criação de valor acrescentado
baseada numa articulação crescente entre a atividade científica e as necessidades e expetativas dos agentes económicos e sociais e na melhoria da comunicação de seus resultados e de conhecimento;

C. Desenvolvimento e sustentabilidade de procura e oferta de produtos e serviços do setor das PAM nos mercados interno e externo
alicerçados na qualidade de produtos e serviços, na segurança de consumidores e dos profissionais do setor e numa ação colaborativa estratégica dos seus atores.

Não havendo um orçamento pré-estabelecido para a sua execução, o presente Plano Estratégico apresenta-se como um quadro geral de intervenção que visa – no período considerado – responder às necessidades prioritárias de Investigação e Inovação identificadas para as plantas aromáticas e medicinais e dos óleos essenciais, criando a oportunidade para os membros do CCPAM estabeleceram as matérias específicas, metodologias, parcerias e metas mais adequadas à concretização das ações preconizadas.

Por outro lado, o fomento duma ampla participação na sua execução e na definição de ações futuras, inscrito nos seus próprios objetivos, pressupõe o caráter dinâmico do Plano, que se assume aberto à introdução de novas áreas de intervenção e às reformulações das agora propostas.

Cumpre aos membros do CCPAM, numa lógica de partilha de informação e de colaboração, desenvolver as ideias, organizar as parcerias, procurar financiamento, tendo em vista a concretização dos objetivos acordados.

Strategic Axes

The intervention is framed by the following interrelated Strategic Axes, associated with the 3 Guidelines established for the Strategic Plan:

A. Organisational Innovation
within the sector, facilitating the creation of a strong institutional environment to support the development of the sector, and also within the CCPAM itself (which will play a leading role in this process and in the system itself);

B. Research for production efficiency and product innovation and value creation
based on an increasing articulation between scientific activity and the needs and expectations of economic and social agents and on improving the communication of their results and knowledge;

C. Development and sustainability of demand and supply for the MAP products and services in domestic and foreign markets
based on the quality of products and services, the safety of consumers and professionals in the sector, and the strategic collaborative action of its players.

In the absence of a pre-established budget for its implementation, this Strategic Plan presents itself as a general framework for intervention that aims – during the period under consideration – to respond to the priority Research and Innovation needs identified for aromatic and medicinal plants and essential oils, creating the opportunity for CCPAM members to establish the specific materials, methodologies, partnerships and targets most appropriate for the implementation of the recommended actions.

On the other hand, encouraging broad participation in its implementation and in the definition of future actions, inscribed in its own objectives, presupposes the dynamic nature of the Plan, which is open to the introduction of new areas of intervention and to the reformulations of those now proposed.

It is the responsibility of the members of the CCPAM, in a spirit of sharing information and collaboration, to develop ideas, organise partnerships and seek funding in order to achieve the agreed objectives.

 

PE 2018/ 2022 – pdf